Ministro do partido de Dilma abre guerra sobre os media

Governante do Partido dos Trabalhadores tentará passar projeto de fiscalização usando como exemplo modelo português da ERC.

Ricardo Berzoini, novo ministro das Comunicações do Brasil, utilizará a experiência portuguesa da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) para fazer passar um projeto de fiscalização dos media no país. A iniciativa do governante, um peso-pesado do Partido dos Trabalhadores (PT), promete marcar o segundo mandato de Dilma Rousseff porque é mais um passo numa guerra feroz entre o PT e os principais grupos de comunicação brasileiros. Estes, a oposição e grande parte da base aliada são, para já, frontalmente contra a regulação. E até a própria presidente torce o nariz.

O novo titular da pasta das Comunicações, tido como muito próximo de Lula da Silva e não tanto de Dilma, citou, em entrevista, duas vezes Portugal como exemplo a seguir. "Queremos discutir como a sociedade pode proteger-se dos abusos da mesma forma que a sociedade em Portugal o fez. Portugal tem um modelo interessante a ser discutido", disse, depois de o jornal Folha de S. Paulo anunciar que os princípios de ação da ERC serão a base do projeto de Berzoini.

Leia mais na edição impressa ou no epaper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG