Membro do movimento armado Resistência Galega detido no aeroporto do Porto

Atualizado. Espanhol tentava embarcar num voo para Caracas, Venezuela. Estava acompanhado por outro cidadão espanhol, sem ligações a qualquer rede terrorista, mas foram os dois detidos

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve um elemento da Resistência Galega, associação criminosa terrorista, no Francisco Sá Carneiro, no Porto, procurado pelas autoridades espanholas. O DN sabe que o cidadão espanhol era um dos membros condenados, em 2013, por associação criminosa terrorista.

O SEF adianta que a detenção ocorreu esta quarta-feira de manhã naquele aeroporto, quando tentavam embarcar num voo para Caracas, Venezuela.

O cidadão, que "foi identificado com passaporte venezuelano falsificado", estava acompanhado por outro espanhol, sem ligação conhecida a qualquer rede terrorista, e que também acabou por ser detido.

A Resistência Galega é um movimento armado, que luta pela independência da Galiza, e que, em outubro de 2010, foi considerado um grupo terrorista pelo Supremo Tribunal de Espanha.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG