Um palestiniano morto por disparos israelitas em Gaza

Um palestiniano foi morto hoje pelo Exército israelita no sul da Faixa de Gaza, naquele que foi o primeiro incidente desde a entrada em vigor na quarta-feira à noite do cessar-fogo entre o Hamas e Israel. A informação foi avançada pelos serviços de emergência nesta parte dos territórios palestinianos liderada pelo Hamas, diz a AFP, enquanto que o jornal israelita 'Haaretz' refere que as autoridades israelitas estão a investigar o incidente.

Anouar Abdelhadi Qdeih, de 21 anos, foi morto e sete outros palestinianos ficaram feridos por disparos israelitas perto da fronteira entre Gaza e Israel, na aldeia de Khouzaa, a leste de Kahn Younès, precisou à AFP um porta-voz dos serviços de emergência de Gaza, Adham Abou Selmiya.

"Sete civis foram feridos por balas das forças da ocupação que abriram fogo sobre um grupo de agricultores em Khouzaa", um dos quais com gravidade, disse.

Segundo testemunhas, os soldados israelitas dispararam a partir da posição militar de Kissoufim sobre um grupo de palestinianos, na sua maioria agricultores, que tinham ido às suas terras na zona fronteiriça, à qual os israelitas impedem o acesso sob pena de abrirem fogo.

Interrogada pela AFP, uma porta-voz do exército de Israel confirmou que "houve desordem do lado palestiniano no sul da Faixa da Gaza perto da zona de segurança".

"Os palestinianos tentaram infiltrar-se em Israel e os soldados reagiam fazendo disparos para o ar", afirmou a responsável.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG