Shin Bet: não há lugar para a paz com Hamas em Gaza

Declaração do líder da Agência de Segurança de Israel surge um dia após encontro entre Obama e Netanyahu.
   
“Não há hipóteses de um processo de paz efectivo enquanto o Hamas estiver a governar a Faixa de Gaza”, disse ontem o líder do Shin Bet, a Agência de Segurança de Israel, Yuval Diskin.

 
A declaração no comité de Negócios Estrangeiros do Parlamento surge um dia depois do Presidente dos EUA, Barack Obama, ter informado o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu, das suas intenções de lançar um novo esforço de paz regional.

 
“Um Governo conjunto entre Fatah e Hamas só pode ser formado com uma forte pressão internacional”, disse. “O Hamas nunca vai entregar voluntariamente o Governo da Faixa de Gaza, e a Autoridade Palestiniana nunca vai ceder o seu controlo da Cisjordânia”, acrescentou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG