Presidente Saleh saiu dos cuidados intensivos em Riade

O presidente iemenita, Ali Abdallah Saleh saiu de uma unidade de cuidados intensivos em Riade depois do "sucesso" de uma operação a que foi submetido, segundo Sanaa, enquanto o eventual regresso ao Iémen é vivamente contestado por jovens revoltosos.

O chefe de Estado, ferido na sexta-feira num bombardeamento sobre o palácio presidencial em Sanaa, "saiu dos cuidados intensivos e foi transferido para uma suite real" do hospital das forças armadas em Riade depois do "sucesso da operação cirúrgica" que lhe foi feita na Arábia Saudita, referiu a agência oficial iemenita, SABA.

O mandato do presidente Saleh, de 69 anos, vivamente contestado pelo povo depois de quase 33 anos no poder, "terminou e toda a gente deve trabalhar para que não regresse no país senão como um simples cidadão", declarou um porta-voz dos jovens contestatários em Sanna, Wassim al-Qirchi.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG