Operador de câmara da Síria morto a tiro em Damasco

Um operador de câmara da televisão estatal síria foi morto a tiro a oeste de Damasco, onde reside, revelou hoje a cadeia televisiva, acusando os "terroristas", termo pelo qual o regime designa os rebeldes.

"O nosso colega Haydar al-Soumoudi, operador de câmara da televisão síria, foi baleado por um grupo terrorista armado em frente à sua casa, no bairro de Kafar Soussé, em Damas".

Pelo menos 17 jornalistas profissionais, entre os quais estrangeiros e sírios, e 44 jornalistas amadores foram mortos na Síria, no exercício da sua atividade, desde o início do conflito, em março de 2011, revelaram este mês os Repórteres sem Fronteiras, que qualificaram o país como "cemitério dos atores da informação".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG