ONU encontra explosivos às portas de Israel

Presença de material de guerra no sul viola o acordo que pôs fim à guerra devastadora entre Israel e o movimento Hezbollah em 2006

As forças das Nações Unidas no Líbano (FINUL) encontraram uma grande quantidade de explosivos perto da fronteira com Israel durante uma patrulha sábado.

A presença de material de guerra na região viola a resolução da ONU que pôs termo à guerra devastadora lançada por Israel contra o grupo xiita Hezbollah, em 2006.

A resolução obrigava Israel a retirar, mas em troca a ONU e o exército libanês comprometiam-se a assegurar o controlo do sul do Líbano e a impor um embargo de armas àquele movimento radical.

A ONU considerou a descoberta de explosivos naquela região "inquietante".

Os militares descobriram os explosivos depois de "observarem movimentos suspeitos de cinco pessoas", perto da cidade de Khiam, a oito quilómetros da fronteira.

"Quando a patrulha se aproximou do local, as pessoas, não identificadas, fugiram aproveitando-se da noite escura", informou a FINUL, em comunicado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG