Número de mortos em Gaza sobe para 57

Um ataque aéreo israelita no sul da Faixa de Gaza causou ontem a morte a seis homens que se encontravam num café, revelaram fontes hospitalares, no terceiro dia da ofensiva de Israel no território palestiniano.

Um segundo ataque, no campo de refugiados de Nusseirat, no centro da Faixa de Gaza, matou um militante, e feriu várias outras pessoas.

O primeiro raide atingiu o estabelecimento, situado em Khan Younès, adiantou à agência noticiosa AFP o porta-voz dos serviços de urgência, Ashraf al-Qudra, indicando que existiam ainda pelo menos 15 feridos.

Até agora, os mortos nos dois dias de ataques israelitas ascendem a 57, dos quais 29 registados na quarta-feira, entre os quais 17 mulheres e crianças, especificaram os serviços de urgência, que dão ainda conta de cerca de 500 feridos.

A situação motivou entretanto a convocação de uma reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas, marcada para hoje.

O encontro vai começar às 10:00 locais (15:00 em Lisboa) e contará com a presença do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, que irá apresentar as informações mais recentes sobre a situação do conflito no terreno.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG