Milhares aplaudem Lavrov à chegada a Damasco

EUA esperam que diplomata russo torne claro nível ao Presidente sírio o grau de "isolamento internacional" em que se encontra o seu país.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, foi aplaudido por milhares de sírios aos gritos de "Obrigado Rússia! Obrigado China!", à sua chegada a Damasco, onde se encontra para um encontro considerado decisivo com o Presidente Bachar al-Assad.

Imagens da televisão oficial mostram o comboio em que seguia Lavrov rodeado por uma multidão, empunhando bandeiras russas e sírias. De acordo com um comentário da televisão de Damasco, as pessoas concentraram-se "em homenagem à posição da Rússia, que apoia a Síria, o seu povo e as reformas em curso".

Lavrov viaja acompanhado pelo responsável dos serviços de informações russos para as questões externas, Mikhail Fradkov. Oficialmente, Lavrov irá abordar com o Presidente sírio a "concretização das reformas democráticas indispensáveis", após 11 meses de contestação a Al-Assad, que fizeram mais de seis mil mortos, segundo várias ONG locais e internacionais.

Sinal da importância desta deslocação, um porta-voz da diplomacia chinesa disse esperar que os seus resultados "fossem compensadores".

Por seu lado, os Estados Unidos expressaram a esperança de que Lavrov "explique claramente" o nível de "isolamento" internacional em que se encontra a Síria.

China e Rússia utilizaram o seu direito de veto na votação do passado sábado de uma resolução no Conselho de Segurança crítica para o regime de Damasco.

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês indicou também que, após a deslocação de Lavrov, o seu país irá enviar "um emissário à região" para desempenhar um "papel construtivo numa solução política para a crise síria".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG