Libertado ex-procurador próximo de Ahmadinejad

O antigo procurador de Teerão Saïd Mortozavi, próximo do Presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, foi libertado hoje, pouco mais de 24 horas depois de ter sido detido, informou a agência oficial iraniana IRNA.

A agência, que não faculta mais pormenores nem cita fontes, recorda que Mortozavi foi conduzido à prisão de Evin, em Teerão, na noite anterior.

As razões que estiveram na origem da sua detenção e posterior libertação não foram, contudo, divulgadas.

Mortozavi, ex-procurador-geral de Teerão, foi citado numa investigação criminal pelo seu alegado papel na morte, na prisão de Kahrizak de, pelo menos três manifestantes detidos nos protestos que se seguiram à contestada reeleição de Ahmadinejad, em 2009.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG