Confrontos entre israelitas e palestinianos na Esplanada das Mesquitas

Jovens palestinianos e polícias israelitas entraram em confronto esta manhã na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, lugar santo para judeus e muçulmanos.

Os jovens palestinianos protestavam contra a ida prevista de judeus ortodoxos à Esplanada das Mesquitas . Esta visita coincidiria com a festa judaica do Sucot e fora autorizada pelas autoridades da cidade.

Depois da oração da manhã, vários jovens palestinianos lançaram pedras e objetos incendiários sobre os agentes da autoridade, escondendo-se atrás de umas barricadas erguidas de improviso, explicou à AFP a porta-voz da polícia de Jerusalém Louba Samri.

Os jovens refugiaram-se depois na Mesquita Al-Aqsa, onde a polícia não está autorizada a entrar, quando os agentes começaram a disperá-los.

A visita dos judeus ortodoxos acabou por decorrer sem incidentes de maior. Quando terminou, a polícia bloqueou o acesso à Esplanada das Mesquitas.

A Esplanada das Mesquitas, onde ficam a Mesquita Al-Aqsa e a Cúpula do Rochedo, é o terceiro lugar mais santo para os muçulmanos, depois de Meca e Medina. Para os judeus, é o local do segundo Templo, destruído no ano 70 pelos romanos. O Muro das Lamentações, considerado como o último vestígio do Templo, fica na encostra da Esplanada. Motivos que explicam porque costuma ser um local de confrontos entre israelitas e palestinianos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG