Abbas pede à UE apoio para o reconhecimento na ONU

O presidente da Palestina, Mahmud Abbas, pediu hoje à alta representante da União Europeia (UE) para a Política Externa e Segurança o apoio dos 27 ao reconhecimento de um Estado palestiniano na ONU.

O responsável falava numa cerimónia em que a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, foi a convidada de honra, e na qual participou o primeiro-ministro palestino, Salam Fayad, e Hanán Ashrawi, membro do comité executivo da Organização para a Libertaçao da Palestina (OLP).

Hanán Ashrawi disse à EFE que, durante o encontro, Mahmud Abbas teve oportunidade de explicar a Catherine Ashton "a lógica e o interesse palestiniano de pedir à ONU" reconhecimento e transmitiu a sua esperança em que a UE apoie esta iniciativa.

A chefe da diplomacia europeia iniciou hoje uma viagem aos territórios palestinos ocupados e a Israel com o objectivo de renovar o incitamento a que as duas partes retomem as negociações de paz.

"Depois dos trágicos acontecimentos recentes em Israel e Gaza é mais importante que nunca que as partes regressem à mesa de negociações", disse Catherine Ashton, em comunicado.

No domingo, a representante europeia participa numa cerimónia a assinalar o lançamento da primeira pedra de um complexo de segurança onde a UE pretende investir 9,24 milhões de euros, na cidade de Jenín, no norte da Cisjordância.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG