Marcha pela República vigiada por 5550 polícias e militares

Atiradores de elite vão estar em telhados ao longo do percurso. Marine Le Pen participa em desfile alternativo.

São esperadas hoje ao início da tarde centenas de milhares de pessoas em Paris - há quem fale mesmo num milhão -, para a marcha pelos valores republicanos, convocada após o atentado terrorista de quarta-feira ao jornal Charlie Hebdo. A capital francesa continua com o nível de alerta mais elevado do plano Vigipirate e o governo anunciou ontem que 5550 polícias e militares foram destacados para garantir a segurança do evento.

"Face a esta situação excecional, medidas igualmente excecionais serão tomadas para assegurar a segurança da manifestação e da ordem pública", disse ontem o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, que participa hoje numa reunião internacional sobre a luta contra o terrorismo, convocada pela França após o ataque de quarta-feira.

Segundo o Ministério do Interior, hoje vão estar em ação 5550 homens - 2200 no percurso da marcha e 3350 em Paris.

Leia mais no epaper ou na edição impressa do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG