Malala Yousafzai recebeu prémio Anna Politkovskaya

A paquistanesa Malala Yousafzai, que ganhou notoriedade ao ser atingida a tiro no crânio por fazer campanha pela escolarização das raparigas no seu país, recebeu hoje em Londres o prémio Anna Politkovskaya.

Yousafzai, de 16 anos, manifestou o desejo de "ser tão corajosa como foi Anna Politkovskaya", jornalista russa morta há sete anos.

"Tenho uma grande admiração pela dedicação de Anna à verdade, igualdade e humanismo", disse a paquistanesa, que recebeu o prémio das mãos de Nicholas Winton, de 104 anos, que, em 1939, salvou a vida de mais de 600 crianças judias na ocupada Checoslováquia, durante a II Guerra Mundial.

Além de ser candidata ao Prémio Nobel da Paz, que será anunciado a 11 de outubro, Malala Yousafzai integra a lista de candidatos ao prestigiado Prémio Sakharov, atribuído pelo Parlamento Europeu para distinguir os que se destacam em defesa dos direitos humanos e da liberdade.

A biografia de Malala Yousafzai, intitulada "Eu Sou Malala", será publicada na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos na terça-feira, dias antes do primeiro aniversário do atentado de que foi alvo, a 10 de outubro de 2012.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG