Lula da Silva vota e diz estar confiante na vitória de Rousseff

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, votou ao fim da manhã de hoje num colégio em São Bernardo do Campo (região metropolitana de São Paulo) e disse estar confiante na vitória de Dilma Rousseff.

A segunda volta das eleições presidenciais brasileiras ocorrem hoje, e os brasileiros podem escolher entre a atual presidente, do Partido dos Trabalhadores (PT), de centro-esquerda, e Aécio Neves, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), de centro-direita.

Lula da Silva, também filiado do PT, afirmou em declaração à imprensa local que Rousseff tem "o povo brasileiro e grande parte da sociedade do lado dela."

O ex-presidente também afirmou que a polarização causada pelas eleições, que gerou discussões entre militantes nas ruas e pelas redes sociais na internet, não deve implicar dificuldades para Rousseff, caso seja reeleita.

"Eu não acredito que haja nenhum reacionário tentando truncar um mandato, como aconteceu com Getúlio [Vargas], como aconteceu com Jânio [Quadros]. O que há de grave é que o discurso é muito semelhante", afirmou, referindo-se a antigos presidentes brasileiros, citado pelo portal noticioso G1.

À saída do colégio onde votou Lula da Silva houve um tumulto entre partidários do PT e do PSDB.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG