Lubitz fez pesquisas sobre suicídio e sobre portas do 'cockpit'

Informação é avançada pelas autoridades alemãs, em comunicado.

As autoridades alemãs revelaram esta quinta-feira que o copiloto do avião da Germanwings que se despenhou nos Alpes, Andreas Lubitz, fez pesquisas na internet sobre formas de suicidar-se, bem como sobre as portas dos cockpits, avança a agência Reuters.

Segundo um comunicado da procuradoria de Düusseldorf, foi encontrado em casa do copiloto um tablet com aquelas pesquisas no histórico - efetuadas entre 16 e 23 de março, um dia antes da queda do Airbus. Quem utilizou o dispositivo procurou informação sobre suicídio e, durante vários minutos, acerca do funcionamento das portas das cabinas e medidas de segurança.

Esta informação foi divulgada no mesmo da em que o procurador de Marselha, em França, anunciou que foi encontrada a segunda caixa negra do avião que se despenhou nos Alpes a 24 de março.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG