Líder estónio arranca auricular depois de ser tratado como "presidente Hendrik" na Sky News

(COM VÍDEO) Toomas Hendrik Ilves, presidente da Estónia, foi convidado pela televisão britânica Sky News para dar uma entrevista, a partir de Munique, sobre a situação na Ucrânia e a Rússia.

Quando entrou no ar, pronto para começar a entrevista, o chefe do Estado estónio parece não ter gostado que o pivô da Sky News, Dermot Murnaghan, se tenha referido a ele como "Presidente Hendrik", usando apenas o seu nome do meio. Em seguida, tirou os ósculos, arrancou o auricular, a entrevista foi interrompida. "Digam-lhe para dizer bem o meu nome", pediu, irritado, o presidente daquele país báltico, segundo o 'The Independent'. O líder estónio falava a partir de Munique, na Alemanha, onde decorre a 51.ª Conferência sobre Segurança e onde o conflito no leste da Ucrânia tem sido o tema central.

Sem perceber muito bem o que se passava, em direto, Murnaghan desviou a emissão para notícias de meteorologia. "Vamos dar uma vista de olhos ao tempo", disse o pivô, aparentemente confuso. A entrevista foi posteriormente realizada e divulgada através do site da Sky News Corporation. Por baixo de uma fotografia do pivô lê-se: "Qualquer citação deve ser atribuída a Murnaghan, Sky News".

Toomas Hendrik Ilves, de 61 anos, é o quarto presidente da Estónia. Ex-diplomata, ex-jornalista, ex-eurodeputado, ex-líder do Partido Social-Democrata (SDE), está no poder desde 2006. Dermot Murnaghan, de 57 anos, é jornalista da Sky News desde 2007, tendo trabalhado já para a CNBC Europe, a Independent Television News e a BBC News.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG