Governo indonésio não confirma se objeto avistado é do avião desaparecido

Vice-presidente do Governo indonésio diz que não é possível verificar se o dado é correto. Airbus da AirAsia está desaparecido desde domingo com 162 pessoas a bordo.

O vice-presidente da Indonésia, Jusuf Kalla, não confirmou que o objeto encontrado hoje no mar seja do voo Airbus 320-200 da AirAsia, desaparecido desde domingo, com 162 pessoas a bordo.

Em conferência de imprensa em Surabaia, no leste da Indonésia, de onde partiu o avião da AirAsia no domingo, o segundo responsável máximo do Governo indonésio disse que "não é possível verificar se esse dado é correto".

As autoridades indonésias indicaram que o objeto avistado por um avião de reconhecimento australiano se encontra a cerca de 700 milhas (1.127 quilómetros) da última posição conhecida do avião desaparecido.

Jusuf Kalla acrescentou que as autoridades ainda procuram sobreviventes, mas reconheceu estar preparado para "o pior", citando exemplos recentes semelhantes, como o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines.

"Estamos a trabalhar arduamente", frisou, dando conta de que estão envolvidos nas buscas 30 embarcações e 15 aviões e helicópteros e de que foi mesmo solicitada ajuda às embarcações comerciais e aos pescadores.

Até ao momento, a Indonésia recebeu ofertas de apoio para as buscas da Malásia, Singapura, Austrália, França, Estados Unidos e Reino Unido, segundo o governante.

O responsável admitiu que o trabalho tem sido difícil, devido ao mau tempo.

O vice-presidente da Indonésia falava aos jornalistas depois de um encontro com os familiares das vítimas no aeroporto de Surabaia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG