Governo de Kiev e rebeldes assinam acordo de cessar-fogo

Representantes do governo de Kiev e dos separatistas pró-russos firmaram hoje um acordo de cessar-fogo no leste da Ucrânia, com mediação da Rússia e da OSCE.

A trégua entre as duas partes deverá entrar em vigor a partir das 18:00 locais (15:00 em Lisboa), informou no seu Twitter a autoproclamada República Popular de Donetsk.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, ordenou ao exército a cessar as hostilidades a partir das 18h00 locais (16h00 em Lisboa) após a assinatura do que chamou "protocolo preliminar" com os rebeldes pró-russos, em Minsk, Bielorrússia.

Em Kiev, o primeiro-ministro ucraniano Arseniy Yatsenyuk afirmou em paralelo que o sucesso do cessar-fogo depende da retirada das tropas russas do leste do país.

"O plano de paz deve incluir um cessar-fogo, a retirada do exército russo, e o restabelecimento das fronteiras", disse durante uma reunião do Executivo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG