Funcionário adormece no porão e obriga avião a aterragem de emergência

Pilotos ouviram barulhos no porão e aterraram em Seattle.

Um avião da Alaska Airlines teve ontem de aterrar de emergência em Seattle, Estados Unidos, devido a ruídos no porão. Era um funcionário em pânico.

O voo tinha partido de Seatlle há apenas 14 minutos, com destino a Los Angeles, quando teve voltar atrás e fazer uma aterragem de emergência devido aos ruídos que se ouviam do porão de carga. Afinal, era um funcionário do aeroporto que tinha adormecido no local e que ao acordar, em pânico, começou a bater nas paredes.

Segundo um comunicado da Alaska Airlines, o homem começara a trabalhar às 5.30 e deveria terminar o turno às 14.30. O avião partiu às 14.39. Os elementos da equipa de que fazia parte este funcionário deram pela falta dele: enviaram-lhe mensagens, telefonaram-lhe, mas perante a falta de respostas, acharam que já teria saído e ido para casa.

Afinal, adormecera no porão, onde nem corria perigo, visto que o local é pressurizado e tem temperatura controlada.

O homem foi encaminhado para o hospital e submetido a um teste de despistagem de drogas que deu resultado negativo.

O avião, que transportava 170 passageiros e seis tripulantes, só aterrou no destino, Los Angeles, às 18.17, duas horas mais tarde que o previsto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG