Felix Baumgartner não desfrutou do seu salto

O piloto austríaco anunciou o seu abandono oficial dos desportos radicais e revelou que não teve tempo para apreciar o seu salto estratosférico.

O piloto austríaco, Felix Baumgartner, admitiu que não desfrutou do seu salto de mais de 39 mil metros de altura, no passado dia 14, quando se lançou para o abismo de uma cápsula transportada por um balão estratosférico, ao mesmo tempo que anunciou o abandono dos desportos radicais durante uma entrevista que deu à cadeia televisiva NBC. "Retirei-me oficialmente das provas perigosas", assegurou Baumgartner, de 43 anos, no programa "Today".

Segundo adianta o jornal espanhol "El Mundo", quando o apresentador do programa lhe perguntou se tinha desfrutado daquela experiência única, o austríaco respondeu: "Honestamente, não", acrescentando que "só mais tarde, quando abri o paraquedas, desfrutei um pouco, porque sabia que o pior já tinha passado e estava vivo", revelando que "agora chegou o momento de me dedicar a outras coisas".

Milhões de pessoas em todo o mundo assistiram ao salto estratosférico de Baumgartner através da televisão e da Internet, confirmando como o austríaco, poucos segundos após o salto, rodopiou violentamente, de cabeça para baixo, até conseguir recuperar o controlo da situação, algo que não surpreendeu Baumgartner.

"Era o que esperava, tinham-me dito antes que iria rodopiar e que não havia maneira de o evitar. Quando isso acontece a grandes velocidades o sangue vai todo para o cérebro e há muita pressão", disse, acrescentando que "tinha de me manter consciente para poder controlar a forma como rodopiava e acabei por conseguir fazê-lo". Mas segundo o austríaco isso não foi uma tarefa fácil. "Tive de usar todas as minhas faculdades físicas e mentais durante a queda livre nos escassos quatro minutos e vinte segundos iniciais".

Após subir durante mais de duas horas e meia, até a uma altitude superior a 39 mil metros, Felix Baumgartner, de 43 anos, saltou para o abismo de uma cápsula transportada por um balão estratosférico.

O salto do austríaco, que bateu vários recordes mundiais e ultrapassou a barreira do som.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG