Febre hemorrágica faz 13 mortos em dez dias

Uma febre hemorrágica de "origem indeterminada" matou 13 pessoas no noroeste da República Democrática do Congo desde 11 de agosto, informaram as autoridades do país.

"Treze pessoas morreram de uma febre hemorrágica de origem indeterminada. Todas tinham febre, diarreias, vómitos e, numa fase terminal, vomitavam substâncias negras", disse na noite de quinta-feira o ministro da Saúde da RD Congo, Félix Kabange Numbi.

Até ao momento, 80 pessoas que estiveram contacto com a doença foram admitidas no hospital, indicou o mesmo responsável, citado pela agência AFP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG