Zapatero recebido pela primeira vez pelo Papa

Primeiro-ministro espanhol discutiu com Bento XVI sobre as suas visitas a Espanha, em Novembro deste ano e em 2011.

Bento XVI recebeu hoje pela primeira vez no Vaticano o primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodriguez Zapatero, num encontro em que falaram das próximas visitas do Papa a Espanha, da crise económica e do "papel da ética", indicou o Vaticano.

Depois de um encontro de meia hora com o Papa, o dirigente espanhol, acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Miguel Ángel Moratinos, reuniu-se durante 50 minutos com o cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado do Vaticano, para falar das relações entre Espanha e a Santa Sé.

A audiência concedida pelo Papa a Zapatero decorreu num clima "de grande cordialidade", indicou o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi. Recorde-se que Zapatero irritara a Igreja Católica quando legalizou os casamentos entre homossexuais em 2005.

Um comunicado do Vaticano indica que houve "uma troca de opiniões sobre a Europa, sobre a actual crise económica e financeira e sobre o papel da ética".

As duas delegações falaram ainda da situação na América Central e Caraíbas e no Médio Oriente.

A visita de Zapatero ao Vaticano decorreu no âmbito da presidência rotativa da União Europeia, que a Espanha exerce até ao final de Junho.

As conversações permitiram ainda abordar questões mais específicas para a igreja em Espanha, como um projecto de lei sobre a liberdade religiosa, a defesa da vida desde a concepção (defendida pelo Papa) e a importância da educação.

Bento XVI deverá fazer nos próximos tempos duas visitas a Espanha. Em Novembro está prevista uma deslocação a Santiago de Compostela e a Barcelona e em Agosto de 2011 deverá participar em Madrid nas Jornadas Mundiais da Juventude.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG