Zapatero e o "breve encontro"

O primeiro-ministro espanhol, José Luis Zapatero, não participará nas cerimónias religiosas presididas por Bento XVI, repetindo a decisão que tomara em 2006, em Valência, na última visita papal a Espanha. Haverá contudo um "breve encontro" entre ambos, já no aeroporto de Barcelona, no final da visita do Papa.

Defendendo uma visão laica da sociedade, Zapatero encontrou-se contudo noutras ocasiões com Bento XVI. Em Junho, os dois reuniram-se no Vaticano para discutir a visita. Recorde-se que, entre outras medidas que levantaram críticas da Igreja, Espanha aprovou o casamento homossexual.

A diferença entre o Zapatero de 2006 e o de hoje é a popularidade: se as eleições fossem já, o PSOE conseguia 34%; o PP, 42%. Há quatro anos, Zapatero era 14% mais popular que Mariano Rajoy.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG