Verdes rejeitam coligação com Angela Merkel

Os Verdes alemães rejeitaram na terça-feira a hipótese de iniciarem negociações formais com a chanceler Angela Merkel para a formação de um governo estável, no fim de uma segundo ronda negocial entre as partes.

A reunião entre a delegação da União Democrata-Cristã (CDU, na sigla em Alemão) e da congénere bávara, a União Social-Cristã (CSU), por um lado, com a dos Verdes, por outro, concluiu sem a necessária aproximação de posições, adiantaram fontes deste partido.

Este encontro sucedeu à sessão que a CDU/CSU manteve com os social-democratas do SPD na segunda-feira que, apesar de terminarem sem resultados concretos, vai ter continuidade, provavelmente na quinta-feira.

Merkel procura um parceiro para formar um governo de coligação, apesar de ter ganho as eleições legislativas, com 41,5% de votos, por o partido com que formava maioria no anterior executivo, o Liberal (FDP), ter ficado excluído do parlamento ao não alcançar um mínimo de 5% dos votos.

A possibilidade de uma reedição de uma grande coligação com o SPD, como a que liderou Merkel no seu primeiro mandato (2005/2009), é considerada a mais plausível para a nova legislatura.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG