Tribunal autoriza julgamento de Chirac na sua ausência

O Tribunal Correcional de Paris autorizou hoje o "julgamento na sua ausência" do antigo Presidente francês Jacques Chirac, no âmbito do processo dos empregos fictícios na câmara municipal da capital.

Os advogados do ex-chefe de Estado, que alegaram "problemas médicos", vão representar Chirac no julgamento, com as alegações de fundo a serem pronunciadas a partir da tarde de terça-feira.

Os representantes do principal indiciado neste processo alegaram que as faculdades mentais de Chirac estão muito reduzidas devido a uma doença do foro neurológico.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG