Roubaram relicário com sangue de João Paulo II

Um pequeno recipiente com sangue do papa João Paulo II, uma relíquia religiosa, foi furtado de uma igreja no centro de Itália e 50 polícias passaram já a zona a pente fino para a encontrar, relatam hoje os media italianos.

O pequeno frasco desapareceu há dois dias, juntamente com uma cruz, de uma pequena igreja em San Pietro della Ienca, na zona montanhosa de Abruzo, uma região do centro de Itália para onde o papa que morreu em 2005 costumava ir esquiar, escreve o diário La Repubblica.

Cães treinados participaram as buscas e o procurador de L'Aquila anunciou ter aberto um inquérito.

O presidente da associação cultural "San Pietro della Ienca", Pasquale Corriere, afirmou à agência Ansa que apenas existem no mundo três frascos contendo sangue de João Paulo II.

Um outro relicário contendo uma ampola de sangue do papa polcao desaparecera em agosto de 2012, mas foi encontrada algumas horas mais tarde.

João Paulo II e o papa italiano João XXIII serão canonizados no próximo dia 27 de abril, durante uma cerimónia única no Vaticano, anunciou em setembro o Papa Francisco.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG