Ratko Mladic detido na Sérvia

A Sérvia deteve hoje o criminoso mais procurado o General Ratko Mladic. O antigo chefe do exército sérvio da República Srpska durante a Guerra da Bósnia era procurado há anos por crimes de guerra, crimes contra a humanidade e genocídio.Comandou directamente o Massacre de Srebrenica, que provocou a morte a 8.373 bósnios. A notícia é avançada pela Lusa.

Ratko Mladic, líder militar dos sérvios da Bósnia durante a guerra de desintegração da Jugoslávia, terá sido hoje detido na Sérvia. Um homem com fortes semelhanças físicas com o procurado criminoso de guerra foi detido esta quinta-feira no país, identificando-se como Milorad Komadic. As autoridades vão proceder a testes de identificação e suspeitam que se trata na realidade de Ratko Mladic, actual número um na lista dos mais procurados da justiça internacional.

Procuradores sérvios para os crimes de guerra recusaram confirmar ou desmentir a informação.

O Presidente da Sérvia, Boris Tadic, vai dar uma conferência de imprensa às 11:00 TMG (12:00 em Lisboa).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG