"Quem sou eu? Sou como Judas, o traidor?"

O Papa Francisco instou hoje os católicos a questionarem-se se são traidores como Judas ou amam Deus como José, durante a missa do Domingo de Ramos, que abriu as cerimónias da Semana Santa no Vaticano.

"Quem sou eu? Sou como Judas, o traidor? Sou como os soldados que fizeram pouco de Cristo? Ou sou como a Virgem Maria que sofria o calvário de Jesus em silêncio? Como José que transportou com amor o corpo de Jesus até à sepultura?", questionou o líder da Igreja Católica.

Milhares de flores e ramos de oliveiras provenientes da região da Apúlia adornaram a praça de São Pedro, com o papa Francisco a explicar que este Domingo de Ramos, também se denomina "domingo de Paixão".

"Nomes que expressam os aspetos de hoje: a festa e a cruz que se perfilam no horizonte", disse o pontífice, que leu o evangelho de Lucas, que narra a chegada de Jesus a Jerusalém e a leitura da Paixão de Jesus segundo S. Mateus.

PL // JLG

Mais Notícias

Outras Notícias GMG