Primeiro-ministro do Montenegro demite-se

O primeiro-ministro do Montenegro, Milo Djukanovic, o líder político há mais tempo no poder na região dos Balcãs, anunciou hoje a sua demissão.

Em conferência de imprensa na capital Podgorica (antiga Titogrado), o chefe de Governo da ex-república jugoslava, 48 anos, disse que abandonava as funções após ter garantido uma decisiva aproximação do Montenegro à União Europeia (UE) e NATO.

"Estou no poder há 20 anos. Estão criadas as condições para a minha retirada", disse. A demissão de Djukanovic surge apenas alguns dias após a decisão dos dirigentes europeus em conceder ao Montenegro o estatuto de país candidato à UE, pretendida pelo pequeno Estado balcânico desde 2008.

No entanto, precisou que vai manter-se na presidência do partido Democrático dos Socialistas (DPS, no poder). 

Mais Notícias

Outras Notícias GMG