Pelo menos 30 pessoas morreram no ocidente da Ucrânia

Pelo menos 30 pessoas morreram esta semana devido à epidemia de gripe A H1N1 em três regiões do ocidente da Ucrânia, anunciou hoje Vassili Kniazevitch, ministro ucraniano da Saúde.

Este alto nível de mortalidade deve-se ao facto de os médicos não terem sabido determinar operativamente a origem  do surto, que começou na passada terça-feira. Inicialmente, consideraram que se trata de "pneumonia provocada por vírus".

Segundo as autoridades sanitárias ucranianas, o vírus da gripe A H1N1 já infectou 38 mil pessoas no país, estando internadas 951. A epidemia começou na província de Ternopil e estendeu-se já a mais duas: Lvov e Ivano-Frankovsk.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG