Novas sanções à Rússia aprovadas dentro de uma semana

A Comissão Europeia deve apresentar dentro de uma semana um novo pacote de sanções contra a Rússia, devido à crise na Ucrânia, uma decisão que, segundo o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, foi tomada por unanimidade.

O agravamento da situação militar por parte da Rússia ditou a decisão dos líderes europeus, tendo José Manuel Durão Barroso acrescentado que "no século XXI, estas ações não são aceitáveis".

"Se não houver alteração do comportamento russo, temo que a escalada da situação resulte numa deterioração irrecuperável nas relações entre Moscovo e a União Europeia. A Ucrânia tem o direito de querer uma parceria com a UE", considerou.

"Chegar a uma situação de não retorno é algo que ninguém quer e não é demasiado tarde para haver uma solução política", adiantou, sublinhando que ninguém quer uma solução militar.

O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, apelou, por seu lado, ao fim do derramamento de sangue.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG