Ministros dormem no gabinete para poupar dinheiro

O Estado paga os gabinetes de trabalho mas não as casas particulares, que devem ser pagas por cada um dos ministros. Por isso, avança a "Spiegel", há muitos a dormir no local de trabalho.

De acordo com a publicação alemã, são vários os ministros do governo de Angela Merkel que pernoitam no próprio gabinete ministerial, o que já está a suscitar críticas da parte da oposição.

O Estado alemão paga os gabinetes de trabalho aos ministros, mas não as casas, que devem ser pagas por cada um deles. Só que, diz a "Spiegel", muitos ministros dormem nos locais de trabalho sem o declarar, o que lhes permite escapar ao pagamento do aluguer.

A ministra dos Assuntos da Família, Manuela Schwesig, é uma das ministras, que de acordo com a revista alemã, está a pernoitar às custas do Estado. A governante pernoita no escritório, que dispõe de cozinha e casa de banho.

O mesmo se passa com a ministra da Defesa, Ursula von der Leyen, que tem um pequeno sofá, num espaço de 7,4 metros quadrados.

Os ministros da Justiça, e do Emprego também recorrerão ao mesmo expediente, segundo a revista.

A oposição insiste que os governantes devem declarar nos impostos se utilizam o local de trabalho como local de habitação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG