Milo Djukanovic foi designado líder do Montenegro com apenas 21 anos

Milo Djukanovic, que agora se demite do cargo de primeiro-ministro do Montenegro, conduziu o país à independência em 2006, após uma pacífica separação com a Sérvia e o fim da União Sérvia-Montenegro, sucessora da antiga Jugoslávia e apenas integrada pelos dois países na sequência das "guerras jugoslavas", em 1991. 

Djukanovic foi designado líder deste país montanhoso das margens do Adriático em 1991, com apenas 21 anos, e com o apoio do então dirigente da Sérvia, Slobodan Milosevic, antes da ruptura com o seu antigo protector em 1996.

O Montenegro, com apenas 600 mil habitantes, tem sido apontado como um dos principais centros da rota do contrabando na região dos Balcãs.

No início de 2002, dois procuradores italianos de Bari incluíram Djukanovic numa rede de tráfico de tabaco em direcção a Itália, um processo judicial ainda sem conclusões.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG