Merkel aceita demissão de ministro e elogia o seu "comportamento político"

A chanceler alemã, Angela Merkel, aceitou hoje a demissão do ministro da Agricultura, Hans Peter Friedrich, e elogiou o seu "comportamento político" ao "privilegiar o interesse geral em relação aos seus interesses pessoais".

Friedrich, da União Social-Cristã (CSU) da Baviera, apresentou hoje a demissão depois de admitir que, em outubro, quando era ministro do Interior, avisou o líder do Partido Social Democrata (SPD), Sigmar Gabriel, de que um dos seus deputados, Sebastian Edathy, constava de uma lista de suspeitos numa investigação internacional sobre pornografia infantil.

Numa breve declaração à imprensa, Angela Merkel destacou o bom trabalho realizado pelo ministro na pasta do Interior, citando a reforma dos serviços secretos e das forças de segurança, e elogiou o seu "comportamento político".

A chanceler disse ter comunicado a demissão ao presidente, Joachim Gauck, e que cabe agora à CSU propor um novo ministro da Agricultura.

Ao anunciar a demissão, hoje à tarde, Friedrich reiterou considerar que agiu "legal e politicamente bem".

O ministro foi fortemente criticado por violar o segredo de justiça com fins políticos, dado que, na altura dos factos, decorria o processo para a formação de uma "grande coligação" entre a União Democrática-Cristã (CDU) de Merkel, o SPD e a CSU.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG