Menina enterrada quatro meses após a sua morte

Uma menina austríaca foi enterrada na Áustria, quatro meses após ter morrido no Brasil. Segundo o pai, Sasha Zanger, o corpo foi cremado em terras brasileiras e só há alguns dias foi enviado para a sua terra natal.

Sophie Zanger, de quatro anos, morreu no hospital após ter sido vítima de maus tratos por parte da tia e da mãe, que podem ser punidas com 16 anos de prisão. A mãe da menina está agora em parte incerta.

Antes da morte de Sophie, em Março, a mãe Maristela dos Santos foi expulsa da casa da irmã e impedida de visitar os seus dois filhos. Sophie e o irmão, de 11 anos, ficaram sob a tutela provisória da tia. O pai luta agora pela guarda do filho.

Traumatizado com a morte de Sophie, o irmão, forçado pela tia, confessou ter batido na menina.

Os pais de Sophie Zanger estavam separados há dois anos e, no início de 2008, Maristela dos Santos mudou-se para o Brasil com os dois filhos, sem autorização do marido. Em Junho, quando Sophie estava hospitalizada, Sasha foi para o Brasil e encontrou a filha já morta no hospital.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG