McCann pedem ao PM inglês reabertura da investigação

Os pais de Madeleine McCann, desaparecida em 2007 de um aldeamento no Algarve, pediram ao primeiro-ministro inglês a reabertura da investigação policial ao desaparecimento de menina então com três anos.

Numa carta aberta enviada para Downing Street, Kate e Gerry McCann pedem ao primeiro-ministro inglês, David Cameron, a participação das autoridades britânicas e portuguesas na reabertura da investigação policial, suspensa um ano após o desaparecimento da menina por falta de provas.

"Não houve uma revisão formal do material recolhido pela polícia, como se faz habitualmente na maioria dos crimes não resolvidos", afirmam os pais de Madeleine na sua carta, na qual dizem querer uma revisão "independente e transparente" do caso.

Os pais de Madeleine entendem ser importante a revisão dos dados recolhidos em 2007 pela polícia, na qual devem participar criminólogos, agentes portugueses e britânicos e até organizações policiais internacionais, como a Interpol.

O casal lança hoje um livro - no qual a mãe confessa a sua experiência "traumática" - destinado a angariar fundos para continuar a investigação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG