Mais de 3 mil crimes investigados na sequência de distúrbios

A polícia de Londres anunciou hoje que são 3.300 os crimes a ser investigados na sequência dos desacatos ocorridos na capital britânica no início de Agosto, revela hoje a agência de notícias espanhola EFE.

A Scotland Yard confirmou que 1800 pessoas foram detidas e 1050 foram formalmente acusadas por alegado envolvimento nos distúrbios e roubos verificados no bairro de Tottenham e que, mais tarde, se alastraram por toda a capital e outras cidades inglesas.

A maioria dos crimes que estão a ser investigados são roubos, num total de 1102, seguido de estragos em veículos (399), assim como 301 furtos e 162 incêndios.

Além disso, a polícia londrina, que reviu um total de 20 mil horas de imagens gravadas em câmaras de vigilância, concluiu em 1100 o número de cenas criminais em 22 dos 32 bairros da capital britânica que foram afectados pelos distúrbios.

Um porta-voz da Scotland Yard assegurou que trabalho de investigação prossegue de forma "muito estreita" com as comunidades locais que têm colaborado de forma "incalculável" com a investigação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG