Líder da oposição pede a demissão de Mariano Rajoy

O socialista Alfredo Pérez Rubalcaba, lider da oposição espanhola ao governo, pediu hoje a demissão de Mariano Rajoy devido ao alegado escândalo de corrupção que envolve o Partido Popular.

O líder da oposição socialista espanhola, Alfredo Pérez Rubalcaba, pediu este domingo a demissão do primeiro-ministro Mariano Rajoy, do Partido Popular (PP) após o alegado escândalo de corrupção que envolve o partido no poder noticiado pelo jornal El País.

Mariano Rajoy "deve abandonar o cargo" porque "não pode fazer face à grave situação que a Espanha atravessa", afirmou o dirigente socialista numa conferência de imprensa.

O líder socialista espanhol já tinha criticado ontem as explicações de Mariano Rajoy sobre a alegada corrupção que envolve o Partido Popular (PP), acusando o presidente do Governo de levar Espanha a uma situação "inviável, impossível e ingovernável".

O El País tem publicado desde quinta-feira o que identifica como sendo "os papéis secretos de [Luis] Bárcenas", o ex-tesoureiro do PP, que alegadamente demonstram pagamentos habituais e ilegais aos principais dirigentes do partido entre 1990 e 2009.

Os documentos, obtidos pelo jornal e que terão sido preparados por Bárcenas e pelo seu antecessor, Álvaro Lapuerta, incluem também referências manuscritas a doações ao partido de alguns dos principais empresários espanhóis, nomeadamente do setor da construção.

Nesses documentos estão referidos os nomes de Mariano Rajoy, mas também de outras figuras do PP, como a sua secretária-geral, María Dolores de Cospedal, o ex-presidente do Bankia e ex-líder do FMI, Rodrigo Rato, e o eurodeputado Jaime Mayor Oreja.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG