Justiça avança com acusações preliminares contra fotógrafo

A justiça francesa avançou hoje com acusações preliminares de fraude contra o fotógrafo suspeito de ter enganado Liliane Bettencourt, a herdeira da L'Oréal e considerada a mulher mais rica de França, apropriando-se de cerca de mil milhões de euros.

O gabinete do procurador da cidade de Bordéus anunciou que François-Marie Banier e um parceiro foram informados sobre a decisão judicial, mas autorizados a permaneceram em liberdade após terem pago uma caução cuja quantia não foi revelada.

Banier enfrenta diversas acusações preliminares, que incluem quebra de confiança e fraude agravada, na sequência de diversas denúncias feitas pela filha de Bettencourt.

A queixosa alega que Banier se aproveitou da velhice de sua mãe e da sua débil condição mental para se apropriar de cerca de mil milhões de euros em dinheiro, obras de arte e outros bens.

Amigo de longa data de Bettencourt, Banier tem insistido que nunca se aproveitou da herdeira do gigante da indústria de cosméticos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG