H1N1: Suíça impede vacinação de grávidas com 'Pandemrix'

A Suíça proibiu hoje a utilização da vacina 'Pandemrix' em mulheres grávidas, crianças com menos de 18 meses e adultos com mais de 60 anos. A vacina do laboratório GlaxoSmithKline é a mesma utilizada em Portugal.

A base da incerteza da Suíça quanto ao uso da vacina contra a gripe A (H1N1) está no uso do adjuvante AS03, utilizado para a vacina.

“Os dados actuais dizem essencialmente respeito a adultos, mas não existe nenhum dado para mulheres grávidas e os dados que existem sobre as crianças são insuficiente”, declarou hoje a autoridade de regulação do medicamento suíça, a Swissmedic, num comunicado.

Em contrapartida, a Swissmedic autorizou a vacina Focetria contra a gripe pandémica, do laboratório suíço Novartis, que contém "o adjuvante MF59, utilizado há muito tempo em vacinas contra a gripe sazonal", e fabricado a partir de ovos embrionários de galinhas como a Pandemrix.

À luz da decisão da Agência Europeia do Medicamento, a Swissmedic julga que "a Focetria é recomendada para adultos e crianças a partir dos seis meses". No que diz respeito às "grávidas e às mulheres que amamentam, cabe ao médico assistente medir as vantagens e os inconvenientes da administração".

A vacina Pandemrix foi aprovada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e escolhida pela Agência Europeia do Medicamento para ser usada na União Europeia, a que a Suíça não pertence.

Recentemente, soube-se que a vacina Pandemrix não foi aprovada pelos Estados Unidos devido à presença do adjuvante esqualeno na sua composição, que alegadamente poderia causar danos à saúde dos que a tomam.

A Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) esclareceu terça-feira que aquele adjuvante tem sido utilizado noutras vacinas sem que tenha sido identificado qualquer risco significativo.

Em comunicado, o Infarmed afirma que "mais de 22 milhões de vacinas contendo esqualeno (adjuvante) foram já administradas sem que tenha sido identificado qualquer risco significativo".

Segundo este organismo, os adjuvantes (também conhecidos como imunomoduladores ou potenciadores da resposta imunitária) são um componente utilizado em vacinas há décadas para melhorar a resposta imunitária aos antigénios presentes. 

Mais Notícias

Outras Notícias GMG