Gorbachov hospitalizado "determinado a lutar, a viver"

O último presidente da União Soviética fez saber esta quinta-feira que está internado num hospital e que o seu estado de saúde se tem deteriorado. "Estou ligado a um monitor", explica.

Mikhail Gorbachov foi hospitalizado esta quinta-feira, segundo um comunicado do último presidente da antiga União Soviética. "A minha condição nos últimos sete dias era tolerável, mas hoje [quinta-feira] estou no hospital", esclareceu o próprio no texto divulgado pela agência russa Ria-Novosti e citado pela France Press.

"O meu estado de saúde deteriorou-se", acrescentou. "Estou ligado a um monitor, cheio de fios", completou Gorbachov.

O antigo governante, 83 anos, lamentou o facto de a doença o ter impedido de acompanhar a semana de divulgação dos prémios Nobel, ele que galardoado com o da Paz em 1990.

Em abril de 2013, problemas de saúde tinham impedido Gorbachov de participar no funeral da antiga primeira-ministra britânica, Margaret Thatcher. E em junho do ano passado, o antigo dirigente soviético já tinha sido hospitalizado. A comunicação social russa diz que Gorbachev sofre de diabetes.

Pai da perestroika, lançada em 1985, e que levaria à queda dos regimes comunistas na Europa de Leste, anunciou a sua demissão a 25 de dezembro de 1991, ao assumir o fim da URSS.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG