Erdogan acusado de governar para "metade do país"

O líder da oposição turca, Kemal Kilicdaroglu, acusou hoje o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, de governar apenas para metade do país.

"O primeiro-ministro deve incluir sempre todos quando fala ao povo" disse Kilicdaroglu, do Partido Republicano Turco (CHP), em entrevista à estação de televisão 'CNN Turquia' quando se estava a referir ao discurso de Erdogan, em Istambul, na quinta-feira à noite.

"É perigoso falar apenas para 50 por cento. Significa por acaso que ele não é primeiro-ministro dos outros 50 por cento?" interrogou o líder da oposição, que critica Erdogan por ter afirmado que conta com o apoio de metade do povo turco.

Kilicdaroglu disse ainda que o primeiro-ministro não está a ver o que "todo o mundo está a ver".

Erdogan, que regressou na quinta-feira à noite à Turquia após uma deslocação a países do Norte de África, exigiu o fim das manifestações que se mantêm há mais de uma semana em várias cidades do país.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG