Doente salva a vida de condutor de ambulância

(COM VíDEO) Um paciente, gravemente doente, salvou a vida do condutor da ambulância onde seguia que estava a apresentar sintomas de um ataque cardíaco, ao conduzi-lo a um hospital no norte de França, confirmou hoje uma fonte hospitalar.

Este habitante de Berck-sur-Mer percebeu que o condutor da ambulância, que o transportava no dia 11 para Lille para fazer uma TAC, apresentava "sintomas de doença" e decidiu então tomar conta do volante e levá-lo para o hospital mais próximo, o de Lens, disse à AFP fonte deste hospital.

Christian Nayet, de 60 anos, sofre de cancro em estado avançado, conta o jornal Voix du Nord, relatou que durante a viagem apercebeu-se que o condutor da ambulância estava prestes a ter um ataque cardíaco.

O homem, temendo que uma ambulância do Samu (o INEM francês) iria demorar muito tempo a chegar, falou com o condutor. "Eu disse-lhe: 'Dá-me as chaves, confie em mim. A minha vida não está em perigo, mas a tua sim! Vamos depressa. A minha TAC pode esperar.' Eu não encontrei o botão da sirene, mas liguei os faróis e disse-lhe para ir com o braço fora da janela para os carros nos deixarem passar", contou Nayet.

"Ele chegou à zona de entrada das ambulâncias como faria qualquer técnico especializado", afirmou à AFP Fréderic Alliene, quadro do serviço de urgência do hospital de Lens.

"O doente [Christian Nayet] deu boas informações, teve bons reflexos, o que permitiu uma resposta rápida para o condutor da ambulância" sobre "o seu quadro cardíaco", prosseguiu a mesma fonte, mostrando admiração.

Antes de iniciar a viagem de salvamento, Nayet já tinha administrado ao seu 'paciente' um anti-coagulante, de forma a diluir o sangue e melhorar a circulação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG