Dmitri Medvedev foi primeiro dirigente russo a votar

O Presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, e a sua esposa votaram hoje na mesa de voto Nº 2634, num dos bairros centrais de Moscovo, sendo o ainda presidente o primeiro dirigente russo a exercer o direito de voto.

O dirigente russo votou numa urna electrónica, que respondeu depois de ter recebido o boletim: "Bom dia, o seu boletim está contado".

"Obrigado", respondeu ele com um sorriso ao fazer um sinal de aprovação com o dedo.

O Patriarca Ortodoxo de Moscovo e de toda a Rússia, Kirill I, votou na sua residência na capital russa e desejou que as eleições façam avançar o país.

"Queira Deus que a votação leve o nosso país a avançar sem paragens. Ficou perdido muito tempo no fim do séc. XX. Queira Deus que, no séc. XXI, avancemos com força", declarou o chefe máximo da Igreja Ortodoxa Russa.

Vladimir Tchurov, presidente da Comissão Eleitoral Central da Rússia, anunciou que a afluência às urnas "está a ser alta".

"Os primeiros números mostram que a actividade dos eleitores é alta", declarou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG