Defensor dos direitos humanos da ex-RDA é novo presidente

Joachim Gauk é o sucessor de Christian Wulff, que se demitiu na sexta-feira por suspeitas de corrupção, na presidência da Alemanha.

Defensor dos direitos humanos na ex-RDA, Joachim Gauck, 72 anos, foi hoje eleito pelo governo de coligação e por parte da oposição.

O novo presidente da república alemão tinha sido candidato do Partido Social Democrata (SPD) e dos Verdes em junho de 2010 contra Christian Wulff, que Angela Merkel conseguiu fazer eleger apenas à terceira volta.

Descrito pela chanceler alemã como "professor de democracia", Joachim Gauck goza de grande popularidade na Alemanha.

Apenas o partido de extrema-esquerda Die Linke, que reúne numerosos antigos membros do partido comunista que governou a RDA, critica este pastor luterano.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG