Coligação de centro-direita vence legislativas na Estónia

A coligação de centro-direita do actual governo terá vencido as eleições legislativas na Estónia, hoje realizadas, com cerca de 50 por cento dos votos, segundo os resultados oficiais divulgados pela comissão eleitoral.

O Partido das Reformas (liberal), do primeiro-ministro Andrus Ansip, obteve 29 por cento dos votos, enquanto o seu aliado político União Pro Patria e Res Pública (direita) conquistou 21 por cento dos votos, o que representa cerca de 50 por cento para a coligação. Do lado da oposição, o Partido do Centro e os sociais-democratas conseguiram 21 por cento e 18 por cento, respectivamente. Nenhum outro partido conseguiu ultrapassar a barreira dos cinco por cento, o valor necessário para garantir a admissão no Parlamento.

Ao nível dos cargos parlamentares, estes resultados representam uma larga vitória da coligação de centro-direita, com um total de 56 assentos (33 para o Partido das Reformas e 23 para a União Pro Patria e Res Pública).

Desde 2009, Andrus Ansip governa com uma coligação minoritária, 49 assentos num total de 101 cargos parlamentares. O Partido do Centro conquistou 26 lugares parlamentares e os sociais-democratas conseguiram 19 assentos.

A taxa de participação rondou os 63 por cento, cerca de 573.325 eleitores, segundo a comissão eleitoral, que já escrutinou cerca de 97 por cento dos boletins de voto. A Estónia, membro da União Europeia desde 2004, aderiu à zona euro no passado dia 01 de Janeiro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG