Centenas protestam contra proibição de fumar em bares

Várias centenas de pessoas manifestaram-se hoje em Bruxelas contra a proibição de fumar em bares, que entra em vigor a 01 de Julho.

A mobilização, menos participada do que o esperado, foi organizada pelos donos dos estabelecimentos que serão afectados pela medida mas também teve o apoio de muitos clientes. Os proprietários asseguram que a medida se vai traduzir numa quebra de receitas entre 30 e 50 por cento, pelo que exigem compensações económicas, de acordo com a imprensa digital belga. Os manifestantes juntaram-se em frente à estação de comboios do norte da cidade.

A proibição afectará o sector conhecido na Bélgica como "Horeca", Hotéis, Restaurantes e Cafés, e entra em vigor três anos depois do que estava previsto. Em Portugal, a lei sobre proibição de fumar entrou em vigor no início de 2008. Com a nova legislação passou a ser proibido fumar nos espaços públicos, locais de trabalho, unidades de saúde, estabelecimentos de ensino e locais como museus, centros comerciais, aeroportos e meios de transporte.

Nos restaurantes, as excepções estão condicionadas à dimensão dos locais e à criação de espaços próprios para fumadores devidamente sinalizados e separados fisicamente das restantes instalações ou com dispositivos de ventilação e sistema de extracção de fumo directamente para o exterior.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG