Bruxelas pede à Alemanha para não tirar conclusões precipitadas

O comissário da Saúde da União europeia, John Dalli, advertiu hoje a Alemanha para o risco de conclusões prematuras e inadequadas em relação à origem do surto de E.coli na Europa.

Dalli, que falava hoje no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, afirmou que a informação pública tem de ser cientificamente provada antes de ser divulgada.

Nos últimos dias, antes de ter voltado atrás, a Alemanha apontou o dedo aos pepinos espanhóis e depois a rebentos de leguminosas como estando na origem do surto de E.coli, do qual já resultaram 22 mortos na Alemanha e mais de 2.330 contaminados.

Os ministros da Agricultura dos 27 vão ter hoje uma reunião extraordinária para debater o surto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG