Breivik tomou substâncias illícitas antes dos ataques

Anders Behring Breivik, que está a ser julgado pela morte de 77 pessoas a 22 de julho de 2011, absorveu substâncias ilícitas para aumentar as suas capacidades físicas e mentais no dia dos ataques, explicou hoje um médico.

Antes de realizar o atentado à bomba no centro de Oslo e de dirigir para a ilha de Utoya, onde abriu fogo sobre centenas de jovens, Breivik ingeriu um composto denominado ECA (Efedrina, cafeína e aspirina), interdita na Noruega, mas comummente usada por culturistas para a perda de peso.

Breivik "ficou sujeito aos seus efeitos, de forma ligeira ou moderada", indicou o professor Joerg Moerland, do Instituto de Saúde Pública noruguês.

O extremista reconheceu ter tomado uma dose de "mais de 50%" do que o normalmente autorizado na União Europeia poucas horas antes dos ataques.

Segundo o professor Moerland, a mistura ECA proporciona uma confiança acrescida e a tendência a correr riscos. Mas este é um efeito transitório, referiu o especialista.

Nos meses que precederam os ataques, Breivik, de 33 anos, tomou também esteróides anabolisantes, para reforçar a sua musculatura. O que não terá produzido especiais efeitos, a não ser "contribuir para alguma agressividade e agitação", explicou Moerland.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG